sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

LADRÔES

Nem Cuba nem Venezuela. Pior. Muito pior! Não estamos a caminho de ser a Cuba ou a Venezuela da Europa, mas sim muito pior, pois Cuba já chegou à conclusão que foi um enorme erro que cometeu, e por isso inverteu caminho e já começou a transferir a posse das casas para donos privados, e o demente da Venezuela, pelo menos por agora, ainda não se atreveu a confiscar a habitação privada. Isto vindo de um governo e um Estado que já a caminho de dois anos não conseguiu sequer arranjar, construir ou reparar as casas dos incêndios de 2017 e 2018, e as poucas que fez são casos que estão pejados de incompetência e corrupção. Isto vindo de um governo e um Estado que é dono de mais 4700 casas que estão fechadas e devolutas, a maior parte delas num estado absolutamente lastimoso ou de abandono total, e tem o restante património no mais completo abandono ou estado avançado de degradação. Isto vindo de um governo e um Estado que nem uma simples estrada em Borba ou uma ponte em Entre Rios conseguiu manter em condições de segurança para os seus utilizadores. Isto vindo de um governo e um Estado que mantêm há uma série de anos um hospital pediátrico a funcionar em contentores. Um governo e um Estado que não consegue sequer tomar conta do seu próprio património, não consegue geri-lo de forma eficiente, não consegue rentabilizá-lo nem consegue colocá-lo ao serviço da população, e quer tomar conta e posse do que é dos outros. Isto tem um nome: um Estado LADRÃO, um governo de LADRÕES, apoiados na AR por uma corja igualmente de ladrões. Rui Mendes Ferreira
.

Sem comentários:

Enviar um comentário